6.08.2013

Malas e viagens internacionais

Quando compramos uma passagem aérea, em regra, temos direito a uma franquia de bagagem. O mais comum é podermos levar duas bagagens despachadas, uma mala pequena de mão e um item de uso pessoal (pode ser uma bolsa feminina ou um notebook, por exemplo). O peso e as medidas para cada volume variam de acordo com o trecho que se está voando e com a companhia aérea escolhida. Quando ultrapassamos algum dos limites estabelecidos, temos que pagar uma taxa.

A regra geral é que a franquia de bagagem em vôos nacionais seja de dois volumes de 23 kg, além da bagagem de mão. Para vôos internacionais com o Brasil como uma das pontas, a franquia é de dois volumes de 32kg despachados. Vale ressaltar que pelo mundo esse limite, normalmente, é de 23kg, mas quando o vôo é para o Brasil, as companhias são obrigadas a permitir os 32kg por conta de uma legislação nossa. Essa informação, aliás, é bom ter, pois às vezes temos que ensinar para funcionários nos check in que nós temos esse direito. Várias vezes eles querem cobrar excesso.

Além do peso, é preciso fica atento às medidas para o caso de volumes grandes demais. As companhias costumam permitir volumes com medida de 158cm. Esse valor deve ser maior do que a soma do comprimento com altura e profundidade da sua mala. Acho que é meio difícil ultrapassar esse limite, mas, tratando-se de viagens de Au Pair, temos uma vida inteira pra levar, então é possível que os volumes fiquem gigantescos.

Deve-se ficar muito atento com a cobrança dos excessos, pois cada limite excedido é cobrado separadamente e, ainda, há um valor máximo que não pode ser ultrapassado (normalmente, 75kg). Por exemplo, se você está levando três malas de 40kg, deverá pagar o terceiro volume e o excesso de peso para os três volumes. Se, além do peso, alguma mala sua ultrapassar as medidas estabelecidas, você pagará a taxa prevista para isso também. No final das contas, você pode acabar pagando uma fortuna por esses excessos. Pela TAM, por exemplo, cada um desses excessos custará US$85,00 num vôo internacional. Para levar a terceira mala pela American Airlines é preciso pagar US$150,00.

Algo importante para registrar também é que em vôos com escalas/conexões, sempre rola um estresse para que permitam a maior franquia. Isso porque as franquias para vôos domésticos é sempre menor do que para vôos internacionais. Então, sempre, seja dentro do Brasil ou no exterior, rola uma discussão se o excesso deve ser pago para a parte interna da viagem.
Nova regra para bagagens de mão
De acordo com as novas regras, o passageiro não poderá transportar líquidos em frascos com capacidade superior a 100 mililitros. Todos os frascos devem ser acondicionados em uma embalagem transparente, completamente vedada, com capacidade máxima de um litro ou 20 x 20 centímetros. Os líquidos conduzidos em frascos maiores do que o permitido não serão aceitos, mesmo que estejam parcialmente cheios.

Tanto os frascos quanto a alimentação a ser consumida por bebês durante o vôo deverão ser apresentadas na inspeção do embarque, separadas da bagagem de mão. Além disso, será imprescindível o porte de prescrição médica ao usuário que necessitar consumir medicamento durante o vôo.
Cuidados com a bagagem
Lembre-se de colocar tags nas malas com nome e endereço (deve escrever o endereço de chegada). Amarrar a bagagem com uma fita com cor chamativa auxilia bastante na hora de encontrar a mala na esteira de desembarque.
Vôo internacional
Caso tenha a sua bagagem violada, deve-se comunicar imediatamente o problema à companhia aérea, a companhia incumbir-se-á de preencher o relatório detalhando o acontecido. Em caso de extravio, comunique o problema na sala de desembarque, caso não a encontre em tempo determinado a companhia aérea se responsabilizará de pagar-lhe a indenização pelas perdas. A Convenção de Varsóvia limita a responsabilidade da companhia aérea em US$20/kg de bagagem extraviada. Para evitar este transtorno procure fazer uma Declaração Especial de Interesse, este procedimento irá garantir-lhe a indenização no valor integral da perda.
Voo dentro dos EUA
As companhias aéreas começaram a cobrar tarifas pelo check-in das bagagens. A maioria delas cobra $15 USD pela primeira bagagem. $25 pela segunda, e $100 por cada bagagem com excesso de peso. Em média, você deve esperar pagar de $140 a $240 pelo check-in. Portanto, se previna e empacotem suas coisas da forma mais leve possível.


Gostou do post? Entao Curta a nossa pagina no Facebook!! E fique atualizado!!

2 Comments:

  1. Lembrar meninas de levar algum print da regra sobre poder levar 32kg em voos nacionais, se dps vc for fazer internacional.
    Qnd eu fui, eu avisei ao check in, mas a menina nao quis saber.. e como nao tinha nada pra comprovar e achei q era informacao boca a boca.. acabei pagando, me salvei pq foram poucos kilos a mais...
    Mas qnd voltei dos eua ja tinha a manha e fui de sp pra natal com as minhas super cheias!! o/

    ReplyDelete
  2. Aeee? Nossa que atendendte filha da purga. Eu dava uma na cara dela. lol Mas entao, eu paguei extra uma vez so pq a mala era um pouco maior que normal :(

    ReplyDelete

Leu, Gostou? Opa, Não gostou? Então comenta aqui o que acha!!!